Notícias

Entenda como é feita a distribuição de itens por grau de dificuldade na avaliação do SAEPE

11 de abril de 2016

Montagem de testes é influenciada pela metodologia da TRI

Os itens que compõem a avaliação estão distribuídos de acordo com níveis de dificuldade. Esses níveis são balanceados a partir de uma pré-testagem realizada no ano anterior, quando as proficiências são calculadas segundo a Teoria de Resposta ao Item (TRI), a qual leva em conta as habilidades exigidas pelos alunos e o nível de dificuldade das mesmas, e, assim, aponta a probabilidade de acerto. Logo, um aluno que acerta habilidades tidas como difíceis, devem, necessariamente, acertar habilidades apontadas com níveis de dificuldades inferiores, do contrário, pode-se estimar a probabilidade da resposta do aluno ter sido dada ao acaso.

Tendo como base esse modelo, os testes do ciclo em vigência, são construídos de acordo com a proficiência obtida pelos alunos no ano anterior, isto é, o grau de complexidade dos itens que compõem os testes é coerente ao histórico de desempenho dos alunos.