O SAEPE

O Sistema de Avaliação Educacional de Pernambuco – SAEPE foi criado em 2000 com o objetivo de fomentar mudanças na educação oferecida pelo Estado, vislumbrando a oferta de um ensino de qualidade.

Foram aplicados testes de desempenho em 2000, 2002 e 2005, para estudantes das 2ª série/3º ano, 4ª série/5º ano e 8ª série/9º ano do Ensino Fundamental e 3º ano do Ensino Médio/Normal Médio, das redes estadual e municipal, nas disciplinas de Língua Portuguesa (leitura e escrita) e Matemática. Nessas três edições, a educação pública pôde acompanhar o desempenho de mais de um milhão de estudantes em diferentes escolas, municípios e Gerências Regionais.

Em 2008 o projeto foi reestruturado e, a partir de então, são realizadas edições anuais em que são avaliados, aproximadamente, 350 mil estudantes. Esse número indica um percentual de participação em torno de 80%, o que corresponde a um dado importante para o trabalho dos gestores e equipes pedagógicas.

Desde então, o monitoramento tem sido feito com base nos resultados dos estudantes, nos testes de Língua Portuguesa e Matemática, ao final das etapas de escolaridade correspondentes às 2ª série/3º ano, 4ª série/5º ano e 8ª série/9º ano do Ensino Fundamental e 3º ano do Ensino Médio e 4º ano do Normal Médio.

Em 2015, o SAEPE avaliou mais de 250.000 estudantes das redes municipais do estado e quase 125.000 estudantes da rede estadual, nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática. Estudantes do 3°, 5° e 9° anos do Ensino Fundamental e 3° ano do Ensino Médio realizaram os testes.

A partir de 2016, os testes passarão a ser aplicados no 2º ano, substituindo o 3º Ano do Ensino Fundamental, o que possibilitará obter mais informações que auxiliem o acompanhamento e a avaliação dos processos de desenvolvimento da alfabetização, do letramento inicial e das habilidades iniciais em Matemática, mais especificamente, a aquisição de habilidades de Leitura e de Matemática oferecidos nas escolas públicas de Pernambuco. O 5° e 9° anos do Ensino Fundamental e 3° ano do Ensino Médio continuarão realizando os testes.